[INÍCIO] | [BOLETIM INFORMATIVO] | [DOCUMENTÁRIOS] | [EVENTOS] | [BANNER] | [PARCEIROS] | [SUGESTÕES] | [FALE CONOSCO]
Acabe com a sua curiosidade referente às inovações tecnológicas da área elétrica. Encontre aqui reportagens, eventos, novidades, documentários, ... Objetivando atingir um público alvo diversificado, desde leigos à especialistas do ramo. Desfrute ao máximo!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Jovem cria gerador capaz de transformar o 'nada' em energia elétrica


[Imagem: Divulgação]

O título da postagem é bem impactante, mas o que será esse "nada"? Será que é possível o "nada" gerar energia elétrica? Acompanhe!

O jovem Dennis Siegel, acadêmico da Universidade de Arte de Bremen, Alemanha, criou um tipo de gerador de eletricidade que utiliza radiações eletromagnéticas presentes no ar para criar energia elétrica. Ou seja: seu gerador não precisa de nenhuma ligação ou movimentação física para gerar energia elétrica. Saiu no Gizmag.

Como estamos cercados por aparelhos emissores de ondas eletromagnéticas, como eletrodomésticos, transformadores nos postes das ruas e telefones celulares, falta de 'matéria prima' para gerar a energia não há. Siegel usa esse tipo de energia para transformá-la em eletricidade pura.

O garoto ainda não explicou o funcionamento do seu gerador, provavelmente porque ainda não deve ter patenteado o equipamento, mas afirmou que o aparelho é capaz de carregar uma pilha AA por dia. Sabe-se apenas que o gerador criado pelo jovem opera em duas versões: uma para baixas frequências (entre 50 e 60 Hz) e outra para frequências mais altas, variando entre Megahertz (frequência usada por telefonia e rádio) e Gigahertz (frequência usada por bluetooth e WiFi).

[Imagem:Divulgação]

Ainda são obscuras as projeções e possibilidades de geração de energia da invenção de Siegel. Por exemplo: não se sabe quanta energia o aparelho poderá disponibilizar, uma vez que não é possível calcular a quantidade de emissão eletromagnética ou radiação necessária para gerar energia suficiente para, por exemplo, alimentar um computador ou outro equipamento maior. Mas, possivelmente, novos estudos responderão a estas perguntas em breve, já que a descoberta ainda é relativamente recente.

Fonte:
R7

5 comentários:

  1. roubo de energia dos equipamentos, eh assim q ele gera a energia dele!!!

    ResponderExcluir
  2. Veja bem, Bruno! Ao meu ver, não se trata de roubo, mas de uma espécie de reciclagem. Pois essa energia seria jogada fora. É uma energia limpa e se pudesse ser produzida em larga escala, com certeza, garantiria o bem-estar do sociedade e mais alguns dias de vida da Terra, já que esta vem passando por transformações repentinas.

    ResponderExcluir
  3. Isso, não tem nada de novo, Nikola Tesla falecido em 1943, fez experiências bem mais interessantes e concretas a respeito do mesmo assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema foi que Tesla não patenteou todas suas idéias. O sonho dele era realizar transmissão de energia elétrica sem fio.

      Excluir
  4. estou a procura de um esquema elétrico para isso.
    poder transforma ondas em energia elétrica.
    se alguem puder me ajudar!

    ResponderExcluir

;